Instituto Gnarus - P&D em Monitoramento e Controle
  Google  

Apresentação Regulamentos Inscrições e Seleção Orientações Produção Estatísticas
Prod. Bibliográfica Prod. Tec.Tecnológica

Produção Técnico-Tecnológica dos Docentes

Producción Técnico-Tecnológica / Technical-Technological Production

Patentes          Programas Computacionais Registrados no INPI          Produtos Desenvolvidos          Relatórios de Pesquisa Aplicada

Patentes / Patents      Programas de Computadora / Computer Programs     Productos Desarrollados / Developed Products      Informes de Investigación Aplicada / Applied Research Reports

Notas Explicativas:
1. Apresentação da Produção Técnico-Tecnológica no quadriênio de avaliação de 2021 a 2024.
2. A Classificação da Produção Técnico-Tecnológica feita elo Programa seguindo as orienações do GT Qualis Técnico e Tecnológico (2020).
3. A apresentação detalhada de cada produção pode ser feita através do seu título.
4. A justificativa de cada classificação pode ser acessada através do grau atribuído à produção.

     

    OrdemPATENTES
    (Patentes / Patents)
    Classficação
    2021
    7 MÉTODO E SISTEMA DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO USANDO GÊMEO DIGITAL PARA SISTEMA DE TRANSPOSIÇÃO DE PEIXES TIPO ELEVADOR
    De acordo com a presente invenção, pertencente à área de geração hidrelétrica, refere-se a um método e sistema usando Gêmeo Digital – GD para a otimização da operação e manutenção de um STP Tipo Elevador, via o monitoramento, supervisão, treinamento, gestão de manutenção e simulação de cenários. O sistema usa uma estrutura de comunicação em rede digital em que os CLPs e CLPIHMs estão ligados a um CLP-Concentrador e seus dados disponibilizados no Banco de Dados, no Servidor e na Internet; uma estrutura em softwares que constituem o Gêmeo Digital – GD formada pelo Supervisório Web-3D, o Sistema de Gestão da Manutenção, SGM-GD, o Sistema de Gestão da Manutenção App, SGM-App de aplicação móvel e o Escâner QR que usa realidade aumentada para realizar inspeções com identificações e coletas das características técnicas dos equipamentos dos vários subsistemas.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Companhia Energética SINOP S.A..

    Processo: BR 10 2021 023109 2
    Data do Depósito: 17/11/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / COMPANHIA ENERGÉTICA SINOP S.A. (BR/MT)
    Nomes dos Inventores: Danilo José de Castro Jr. (Discente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção / Germano Lambert-Torres (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Yago Araújo dos Santos
    T1
    6 SISTEMA MÓVEL E AUTOMÁTICO DE COMPACTAÇÃO DE RESÍDUOS MADEIREIROS PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA
    De acordo com a presente patente de modelo de utilidade, pertencente à área de geração termelétrica, refere-se a um sistema móvel e automático de compactação de resíduos madeireiros para alimentar usinas de geração termoelétrica de biomassa. O Sistema Móvel e Automático é construído na carroceria de uma Carreta, onde os Resíduos Madeireiros são enviados ao sistema pelo Coletor dos Resíduos Madeireiros e após produzidos os Briquetes serem retirados pelo Braço Mecânico ou Esteira; todo o sistema ser monitorado, supervisionado e controlado de forma automática pela Central de Controle através da Tela Sinótica de Operação, Tela Sinótica dos Parâmetros de Operação, Tela Sinótica dos Gráficos e Tela Sinótica da Quantidade de Briquetes Fabricados, ou de forma manual pela Tela Sinótica dos Controles Manuais ou pelo Painel de Controle Manual.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Energética Suape II S.A..

    Processo: BR 20 2021 016906 6
    Data do Depósito: 26/08/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / ENERGÉTICA SUAPE II S.A. (BR/PE)
    Nomes dos Inventores: Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção / Haylemar de Nazaret Cárdenas Rodriguez (Discente) / Rosa Lúcia Martins dos Santos (Discente)
    T1
    5 MÉTODO E SISTEMA DE INFERÊNCIA PARA ESTIMAÇÃO DO GRAU DE ESTRESSE DE UNIDADES MOTOGERADORAS
    De acordo com a presente invenção, pertencente à área de geração termelétrica, refere-se a um método e um sistema para realizar a estimação do Grau de Estresse de uma unidade motogeradora a partir do processamento das informações dos seus históricos de operação. O Sistema de Inferência para Estimação do Grau de Estresse das UGs usa como base gráficos de controle com referência a média (µ), Curvas das variáveis sob análise no tempo e as zonas definidas como Zona A (µ ± 1s), (µ + 1s) < Zona B< (µ + 2s) ou (µ - 2s) < Zona B< (µ - 1s) e (µ + 2s) < Zona C< (µ + 3s) ou (µ - 3s) < Zona C < (µ - 2s) e seis regras para definir a ocorrência de anormalidades, de forma a obter o Grau de Estresse de uma UG e subsidiar o operador da UTE sobre a real necessidade de manutenção do equipamento, de forma a utilizá-lo com a máxima eficiência.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Rio Amazonas Energia S.A.

    Processo: BR 10 2021 013474 7
    Data do Depósito: 08/07/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / RIO AMAZONAS ENERGIA S.A. (BR/AM)
    Nomes dos Inventores: Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção / Germano Lambert-Torres (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Mateus Mendes Campos / Cláudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Josué da Costa Lacerda (Discente)
    T1
    4 SENSOR DE MEDIÇÃO DE ABERTURA E FECHAMENTO DE VÁLVULAS DE ADMISSÃO E ESCAPE EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
    Pedido de registro de desenho industrial. Este equipamento foi desenvolvido, através de um processo de nacionalização. Se trata de um sistema híbrido para monitoramento da condição e otimização da operação de motores de combustão interna baseado na nacionalização das medições da pressão interna do cilindro, ultrassom e velocidade angular instantânea do eixo do virabrequim e/ou eixo de comando. O monitoramento da condição de motores de combustão interna é uma ferramenta importante para: aumento da eficiência, diminuição das emissões, aumento da vida útil, correção de problemas incipientes, redução de paradas catastróficas, redução dos custos de manutenção e redução das emissões de poluentes.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Rio Amazonas Energia S.A.

    Processo: BR 30 2021 002435 7
    Data do Depósito: 30/05/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / RIO AMAZONAS ENERGIA S.A. (BR/AM)
    Nomes dos Inventores: Carlos Eduardo Teixeira / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção
    T1
    3 PLATAFORMA COMPUTACIONAL EM REALIDADE VIRTUAL E MÉTODO GEOREFERENCIADO PARA SIMULAÇÃO DO PLANEJAMENTO LOGÍSTICO DE USINAS TERMELÉTRICAS
    De acordo com a presente invenção, pertencente à área de geração termelétrica, refere-se a uma plataforma e método para simulação do planejamento logístico de uma planta de geração termelétrica utilizando mapas georreferenciados e a tecnologia de Realidade Virtual, que permite a total imersão do usuário em um ambiente virtual, capaz de manipular as variáveis de interesse em diversos cenários e dimensionar toda a estrutura logística necessária para o abastecimento das Usinas Termelétricas – UTEs com diferentes tipos de combustíveis, considerando a infraestrutura energética existente e/ou a construir.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Borborema Energética S.A.

    Processo: BR 10 2021 005749 1
    Data do Depósito: 25/03/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / BORBOREMA ENERGÉTICA S.A. (BR/PB)
    Nomes dos Inventores: Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Cláudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Danilo José de Castro Jr. (Discente)
    T1
    2 MÉTODO DE OPERAÇÃO E SISTEMA HÍBRIDO ULTRASSÔNICOCAPACITIVO PARA ANÁLISE DE ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA MOTOGERADORES
    De acordo com a presente invenção, pertencente à área de eletrônica, é descrito um método e sistema híbrido ultrassônico capacitivo capaz de monitorar e avaliar remotamente e em tempo real, a qualidade dos óleos combustíveis utilizados em conjuntos motogeradores, para a geração de energia elétrica, com o uso de técnicas avançadas de processamento digital de sinais e cálculos por equações matemáticas. O Sensoriamento Ultrassônico Multi-trajetórias fornece os tempos de trânsito dos sinais ultrassônicos, o Sensoriamento Capacitivo a capacitância do Sensor Capacitivo e o Sensor de Temperatura, a temperatura do Óleo Combustível, cujos sinais processados no Controlador/Aquisitor de Dados calcula a vazão, a quantidade de água e a temperatura do Óleo Combustível que os envia ao aplicativo no Microcomputador que calcula e fornece ao Operador a densidade e o Poder Calorífico Inferior – PCI da mostra de Óleo Combustível analisada.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Maracanaú Geradora de Energia S.A.

    Processo: BR 10 2021 002426 7
    Data do Depósito: 09/02/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / MARACANAÚ GERADORA DE ENERGIA S.A. (BR/CE)
    Nomes dos Inventores: Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Carlos Eduardo Teixeira / Daniel de Almeida Arantes / Mateus Mendes Campos
    T1
    1 MÉTODO DE OPERAÇÃO E SISTEMA INTELIGENTE PARA CONTROLE DA MALHA DE POTÊNCIA DE USINA TERMELÉTRICA
    De acordo com a presente invenção, pertencente à área de geração termelétrica, refere-se a um sistema de controle para gerenciar e otimizar a partida, o regime de operação e o desligamento das Unidades Geradoras - UGs de uma planta de geração termelétrica a partir do processamento inteligente das informações dos históricos de operação e de atuação dos operadores e das grandezas monitoradas. Composto pelo módulo de Estratégia de Controle com a Tabela de Pesos das variáveis significativas, pelo módulo da Metodologia AHP que através do uso do Processo de Análise Hierárquica – AHP faz o ranqueamento das UGs, considerando os pesos das variáveis significativas, as variáveis monitoradas e os históricos operacionais e de atuação do Operador junto às UGs contidos no Banco de Dados do Supervisório e pelas variáveis complementares contidas no CLPIHMs e CLP-Concentrador; e o módulo de Visualizações do SICUTE que mostra as telas sinóticas com as Informações de Desempenho, a Tabela de Ranqueamento das UGs para Partidas e o Gráfico de Ranqueamento das UGs, dentre outras.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Central Energética Palmeiras S.A

    Processo: BR 10 2021 000609 9
    Data do Depósito: 14/01/2021
    Nome do Depositante: INSTITUTO GNARUS (BR/MG) / CENTRAL ENERGETICA PALMEIRAS S.A. (BR/GO)
    Nomes dos Inventores: Frederico de Oliveira Assunção / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente)
    T1

     

    OrdemPROGRAMAS COMPUTACIONAIS REGISTRADOS NO INPI
    (Programas de Computadora / Computer Programs)
    Classficação
    2021
    14 SISTEMA CLASSIFICATÓRIO PARA A OPERAÇÃO DE DISJUNTORES UTILIZANDO TÉCNICAS DE DATA ANALYTICS
    Este software possui 5 blocos principais. O Bloco 1 é feita a importação da biblioteca (ferramenta de análise e manipulação de dados, desenvolvida com base na linguagem de programação Python) e a leitura de um arquivo csv e atribuição dos dados desse arquivo numa variável do tipo dataset. No Bloco 2, foi usada a função describe, que apresenta detalhes estatísticos básicos de uma série de valores numéricos, para avaliar os dados de cada coluna do dataset, como a quantidade de dados, a média dos valores, o desvio padrão, e a distribuição dos dados em quartis (mínimo, 25%, 50%, 75% e máximo), No Bloco 3, é feita a conversão da coluna saída em classes e atribuída ao vetor y, utilizando a função cu. Também faz a normalização dos dados do dastaset, já que alguns classificadores trabalham somente com valores normalizados. No Bloco 4, são utilizados os classificadores: MLP, Gaussian NB, SVC, Decision Tree, Random Forest, K-Neighbors, Quadratic Discriminant Analysis e Ada Boost. No Bloco 5, é feita a validação cruzada K-fold que é uma técnica computacional intensiva, que usa todas as amostras disponíveis como amostras de treinamento e teste. Com isso, em relação a outros métodos de validação cruzada. O processo de validação cruzada é então repetido K (10) vezes, de modo que cada um dos K subconjuntos sejam utilizados exatamente uma vez como teste para validação do modelo. O resultado final da validação K-Fold é o desempenho médio do classificador nos K testes. O objetivo de repetir os testes diversas vezes é com o intuito de aumentar a confiabilidade da estimativa da precisão do classificador. Com os conjuntos definidos, faz-se o treinamento dos classificadores onde é impresso um relatório de cada classificador, mostrando as principais métricas de classificação.
    Financiado e desenvolvido para a COPEL Geração e Transmissão S.A.

    Processo: BR 512021002821-0
    Data do Registro: 25/11/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely Lacerda de Oliveira (Docente) / João Felipe Barbosa (Discente) / Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente) / Clailton Leopoldo da Silva (Discente) / Rafael Martins / Júlio Cezar Castioni (Discente) / Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Wilson Cesar Santana (Docente)
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação CO-01; EC-01; EC-07; EN-01; MT-01; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; IA-01; SM-01; TC-01
    T1
    13 METODOLOGIA INTELIGENTE PARA FINANCIAMENTO DE PADRÃO
    A robotização do processo de financiamento de padrão foi concebida de maneira modular com alguma padronização para facilitar o seu entendimento e manutenção. O código está disposto na forma de um fluxograma de análise dos vários itens e determinações da empresa. Ao longo do processo há a interação com, essencialmente, três softwares/sistemas além do robô. O SAP é o principal sistema neste processo. Deste são extraídas informações em relação às notas e os documentos anexados. Além disto, é no próprio SAP que é realizado o preenchimento do financiamento conforme o documento de financiamento de padrão em si. Um programa em Python, baseado em técnicas de Machine Learning, é o responsável por encontrar o documento de financiamento de padrão em meio aos documentos anexados à nota de ligação nova, bem como identificar as opções de parcelamento e itens a serem financiados pelo cliente da Equatorial. Ao final, são fornecidas as respostas de opção de parcelamento e de itens financiados.
    Financiado e desenvolvido para a Equatorial Alagoas Distribuidora de Energia S.A.

    Processo: BR 512021002611-0
    Data do Registro: 16/11/2021
    Nomes dos Inventores: Milton Pries Ramos (Docente) / Fábio Alessandro Guerra (Docente) / Bruna Machado Mulinari / Clayton Hilgemberg da Costa / Flavio Lori Grando / Pedro Henrique de Melo Lisboa
    Linguagem: PYTHON / Campo de aplicação: IF-10 / Tipo de programa: IA-01
    T1
    12 METODOLOGIA INTELIGENTE PARA ANÁLISE DE LIMINARES JUDICIAIS
    Este software possui três fases para o processo de análise ser concluído: Tratamento de Arquivo, o Tratamento de Texto e a Classificação de Documento. O processamento das liminares inicia-se com a leitura do arquivo PDF em ambiente Python. A primeira etapa consiste em verificar se o arquivo apontado pelo robô (UiPath) consiste em um arquivo do tipo PDF. Com o auxílio de uma API, identifica-se a quantidade de páginas do arquivo e o texto de cada página é extraído, armazenando o resultado em strings. Na sequência, as strings são concatenadas formando um texto único. Por fim, aciona-se a biblioteca de funções para análise das liminares. Daí, uma série de filtros e conversões para fornecer elementos textuais adequados e organizados para o uso de ferramentas de Machine Learning. A fase final possibilita classificar este texto de acordo com as suas obrigações em: construção do dicionário, extração de atributos e destinação da liminar.
    Financiado e desenvolvido para a Equatorial Alagoas Distribuidora de Energia S.A.

    Processo: BR 512021002613-6
    Data do Registro: 16/11/2021
    Nomes dos Inventores: Milton Pries Ramos (Docente) / Fábio Alessandro Guerra (Docente) / Bruna Machado Mulinari / Clayton Hilgemberg da Costa / Flavio Lori Grando / Pedro Henrique de Melo Lisboa
    Linguagem: PYTHON / Campo de aplicação: IF-10 / Tipo de programa: IA-01
    T1
    11 DETECÇÃO DE ANOMALIAS MULTIVARIÁVEL COM REDES ADVERSARIAIS GENERATIVAS PARA MONITORAMENTO DE TRANSFORMADORES
    Inspirado no aprendizado contraditório, este software, baseado nas Redes Neurais Adversariais Generativas (GAN), tem uma estrutura que cria modelos generativos para gerar soluções candidatas por meio de um processo contraditório, no qual dois modelos são treinados de forma alternativa e simultânea, ou seja, um modelo gerador G para gerar soluções candidatas, e um modelo discriminatório D para estimar a probabilidade de uma solução gerada ser melhor do que uma solução atual. O procedimento de treinamento para G é maximizar a probabilidade de D. Neste software, G e D são definidos por perceptrons de várias camadas, que podem ser treinados com retropropagação. Para melhorar a qualidade das soluções geradas, os vetores orientadores introduzidos na GFWA são em manobra para ajudar na construção de soluções geradas. O gerador primeiro prevê em um lote de amostras de ruído. Como o gerador inicializou pesos aleatoriamente inicialmente, a saída do gerador neste estágio nada mais é do que valores sem sentido. O Discriminator insere uma pilha de amostras - a primeira metade é a saída do gerador e a segunda metade é um lote de amostras de dados do conjunto de dados real. Treinamos o Discriminador nesta pilha com os rótulos de destino 0 (Fake) para metade da pilha e 1 para a segunda metade da pilha. O resultado disso é que o Discrimator é capaz de distinguir entre as amostras Real e Fake. Os pesos do discriminador são congelados definindo o parâmetro treinável como False.
    Financiado e desenvolvido para a Energética SUAPE II S.A.

    Processo: BR 512021002502-4
    Data do Registro: 15/09/2021
    Nomes dos Inventores: Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Vanias de Araújo Jr. (Discente) / Julio Cesar Zanoni / Jaime Suñé / Cláudio Ferreira (Docente) / Gilberto Capistrano Cunha de Andrade (Docente) / Jamil Haddad (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Afonso Henriques Moreira Santos (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Rosa Lúcia Martins dos Santos (Discente) / Levy Ely Lacerda de Oliveira (Docente) / Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente) / José Faustino da Silva Cândido (Discente)
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação CO-01; EC-01; EC-07; EN-01; MT-01; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; IA-01; SM-01; TC-01
    T1
    10 SISTEMA INTELIGENTE PARA DETECÇÃO DE ANOMALIAS NO MONITORAMENTO E DIAGNÓSTICO DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA
    Este software contém as técnicas inteligentes que foram estruturadas para melhor representar anomalias no monitoramento da operação de um transformador de potência. Estas técnicas foram: K-ésimo Vizinho mais Próximo (k-nearest neighbors), Máquina de Vetores de Suporte (SVM - Support Vector Machine), Máquina de Vetores de Suporte utilizando Função de Base Radial (Radial Basis Function - RBF), Aprendizagem por Árvores de Decisão (Decision Tree Learning), Floresta Aleatória (Random Forest), Perceptron Multicamadas (Multilayer Perceptron), AdaBoost, Naive Bayes e Análise Discriminante Quadrática (Quadratic Discriminant Analysis - QDA). O sistema de classificação foi desenvolvido utilizando a linguagem Python na plataforma Google Colaboratory, ambiente interativo chamado notebook Colab que permite escrever e executar código, que não necessita ser configurado e é executado na nuvem.
    Financiado e desenvolvido para a Energética SUAPE II S.A.

    Processo: BR 512021002501-6
    Data do Registro: 15/09/2021
    Nomes dos Inventores: Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Vanias de Araújo Jr. (Discente) / Julio Cesar Zanoni / Jaime Suñé / Cláudio Ferreira (Docente) / Gilberto Capistrano Cunha de Andrade (Docente) / Jamil Haddad (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Afonso Henriques Moreira Santos (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Rosa Lúcia Martins dos Santos (Discente) / Levy Ely Lacerda de Oliveira (Docente) / Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente) / José Faustino da Silva Cândido (Discente)
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação CO-01; EC-01; EC-07; EN-01; MT-01; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; IA-01; SM-01; TC-01
    T1
    9 CONTROLE E SUPERVISÃO DO SISTEMA DE SECAGEM
    Este pacote computacional comanda todo o processo do sistema de secagem e peneiramento do Sistema Compactador Automatizado Móvel desenvolvido e em operação na UTE Guaçu. A eliminação de umidade da matéria-prima é fundamental a estabelecer níveis máximos de poder calorífico dos briquetes. Os ajustes dos parâmetros de controle do sistema de secagem estão associados ao teor de umidade encontrado nos cavacos nas diferentes madeireiras e nas diferentes estações do ano. Outro ajuste importante para a produtividade é o teor de umidade a qual estabelece o tipo de secagem e interfere na oferta e na eficiência energética do todo o processo. O sistema de secagem é composto por um secador de tambor rotativo movimentado por meio de dois motores e um inversor que proporcionam a variação das variáveis de giro do tambor. O aquecimento é feito mediante um queimador GLP acoplado à câmara de combustão. O secador é conectado, por meio de tubulações, ao filtro ciclone que trabalha por meio de exaustão. As tubulações possuem sensores de temperatura para um melhor controle do processo por meio do painel central.
    Financiado e desenvolvido para a Energética SUAPE II S.A.

    Processo: BR512021002482-6
    Data do Registro: 30/08/2021
    Nomes dos Inventores: Jamil Haddad (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Afonso Henriques Moreira Santos (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Haylemar de Nazaret Cardenas Rodriguez (Discente) / Rosa Lúcia Martins dos Santos (Discente) / Levy Ely Lacerda de Oliveira (Docente) / Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente) / José Faustino da Silva Cândido (Discente)
    Linguagem LABVIEW / Campo de Aplicação CO-01; EC-01; EC-07; EN-01; MT-01; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; IA-01; SM-01; TC-01
    T1
    8 CONTROLE E SUPERVISÃO DO SISTEMA DE BRIQUETAGEM
    Este pacote computacional comanda todo o processo do sistema de briquetagem do Sistema Compactador Automatizado Móvel desenvolvido e em operação na UTE Guaçu. Este programa computacional controla todo o processo de briquetagem. Nele a briquetadeira recebe os resíduos madeireiros secos por meio de uma rosca de alimentação localizada entre a válvula rotativa do filtro ciclone e o silo de alimentação da briquetadeira. O sistema de controle e supervisão desenvolvido regula o processo de produção de briquetes no sistema móvel, pelos sensores de umidade dos resíduos e pela pressão exercida na briquetadeira, assim como também pela estrutura de resfriamento, que é composta por um radiador com ventilador de velocidade variável por meio de um inversor de frequência e bomba de água fixa que trabalha com circuito fechado controlada pelo CLP. O sistema de controle de monitoramento também foi ajustado para garantir mais facilidade no manuseio e supervisão dos equipamentos de forma automatizada, onde a briquetadeira pode ser acionada e desligada de forma automática, isto porque foram introduzidos outros sistemas de controle e supervisão. Existe também ajustes no sistema de alarme da briquetadeira para que seja acionado sempre quando detectar falhas em algum componente.
    Financiado e desenvolvido para a Energética SUAPE II S.A.

    Processo: BR 512021002481-8
    Data do Registro: 30/08/2021
    Nomes dos Inventores: Jamil Haddad (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Afonso Henriques Moreira Santos (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Haylemar de Nazaret Cardenas Rodriguez (Discente) / Rosa Lúcia Martins dos Santos (Discente) / Levy Ely Lacerda de Oliveira (Docente) / Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente / José Faustino da Silva Cândido (Discente)
    Linguagem LABVIEW / Campo de Aplicação CO-01; EC-01; EC-07; EN-01;/ MT-01; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; IA-01; SM-01; TC-01
    T1
    7 METODOLOGIA INTELIGENTE PARA CRÍTICA DE LEITURA
    Este processo de robotização de processos administrativos foi incorporado ao processo “Crítica de leitura rural”, onde a equipe de crítica de leitura recebe para análise manual os casos em que o consumo atual de energia de determinado consumidor extrapolou, para baixo ou para cima, os valores médios determinados para este consumidor segundo um critério (ajustável) no sistema CIS (Sonda). A tarefa desta equipe é então a de determinar se a leitura está correta ou não, caso negativo, sendo necessário corrigi-la ou solicitar releitura. Dado que o problema da crítica de leitura consiste em identificar em qual categoria (código de motivo de alteração) uma determinada leitura, que não passou no processo de crítica automática, pode ser enquadrada, a abordagem adotada para esse processo foi a utilização de um modelo de aprendizagem de máquina (Machine Learning) supervisionado de classificação. Nesta metodologia foi possível implantar um classificador inteligente para criticar as leituras e na sequência estabelecidas regras de negócio, diretamente no algoritmo em Python, a fim de reduzir a quantidade de leituras que permanecerão para a equipe analisar.
    Financiado e desenvolvido para a COPEL-Distribuição S.A.

    Processo: BR512021001449-9
    Data do Registro: 05/04/2021
    Nomes dos Inventores: Milton Pires Ramos (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Fábio Alessandro Guerra (Docente) / Bruna Machado Mulinari / Clayton Hilgemberg da Costa / Flávio Lori Grando / Joceleide Dalla Costa Mumbelli / André Pedretti / Mariana Santini (Discente) / Josnei Scolimoski (Discente)
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação EN-04 / Tipo de Programa: IA-01
    T1
    6 METODOLOGIA INTELIGENTE PARA VALIDAÇÃO DE MEDIÇÃO
    Este processo de robotização de processos administrativos foi incorporado ao processo “Integração CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica)”, passando a ser possível interagir com as ferramentas que são utilizadas para a análise dos dados de medição, sendo estas os sistemas API CCEE/SCDE, Outlook e Excel. Foi possível organizar as informações de forma automática e analisar via Machine Learning o comportamento dos medidores, possibilitando a realização de análises que antes não eram observadas. Esta arquitetura está fortemente embasada em três pilares: (1) Plataforma de RPA da Automation Anywhere, adotada pela COPEL, fornecendo a estrutura de base para os robôs; (2) Algoritmos de Machine Learning e outras funcionalidades implementadas em linguagem Python e integradas aos robôs; e (3) a plataforma Microsoft 365, padrão da COPEL, fornecendo os meios para a operacionalização da solução. Os testes funcionais referentes ao processo “Integração CCEE” foram implementados segundo duas aplicações: Medição e Mercado.
    Financiado e desenvolvido para a COPEL-Distribuição S.A.

    Processo: BR512021001448-0
    Data do Registro: 05/04/2021
    Nomes dos Inventores: Milton Pires Ramos (Docente) / Germano Lambert-Torres (Docente) / Fábio Alessandro Guerra (Docente) / Bruna Machado Mulinari / Clayton Hilgemberg da Costa / Flávio Lori Grando / Joceleide Dalla Costa Mumbelli / André Pedretti / Mariana Santini (Discente) / Josnei Scolimoski (Discente)
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação EN-04 / Tipo de Programa: IA-01
    T1
    5 AMBIENTE DE ANÁLISE E GESTÃO FINANCEIRA PARA TOMADA DE DECISÃO EM USINAS TERMELÉTRICAS
    Estruturou-se um software para estudos e simulações de termelétricas para fornecer informações aos outros dois produtos anteriores e para leilão de energia. Este produto foi estruturado para: possibilitar a entrada de todos os dados envolvidos no problema; gerar a visão hierárquica das informações, exibindo detalhes conforme o usuário necessita; permitir a visão geral do projeto, mas também a edição de valores específicos; e permitir a comparação de casos (cenários) e projetos. Cada assistente calcula um valor que será usado no módulo financeiro. Os assistentes podem ser acessados pelo financeiro, ou de forma independente, pois a sequência de preenchimento dos assistentes não obedece a mesma sequência do financeiro. Foi desenvolvida uma arquitetura do protótipo financeiro, com fórmulas e vínculos necessários para a formatação ideal de toda a inteligência de cálculos a ser embarcada na aplicação. Este produto, possui modelos de projeções econômico-financeiras, acesso a Balanços, DRE e Fluxos de Caixa Direto, ou seja, aos principais demonstrativos financeiros para avaliação de viabilidade econômico-financeira de empresas, frutos de investimentos greenfield (novos negócios ou pré-operacionais) ou brownfield (empresas operacionais). Para personalizar a projeção e para que haja a possibilidade de simulações e análises de sensibilidade, também foi criada uma estrutura de premissas, a qual foi intensamente analisada diante das particularidades pertinentes ao negócio, especialmente as premissas relacionadas aos contratos de compra e venda. Esta estrutura foi pensada de forma a assegurar que todas as variáveis necessárias aos mais diversos cálculos foram consideradas, flexibilizando ao usuário a inclusão de dados operacionais, econômicos e/ou financeiros.
    Financiado e desenvolvido para a Borborema Energética S.A.

    Processo: BR512021000481-7
    Data do Registro: 10/03/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Ricardo Schneeweiss de Farias / Rafael Roberto Rossetto / Aguinaldo Alvares Gimenes de Jesus / Danilo José de Castro Jr. (Discente) / Diogo Gonzaga Marcelo (Discente) / João Felipe Barbosa (Discente)
    Linguagem C++ / Campo de Aplicação AD-06; EN-01; EN-04; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; AP-03; SM-01; TC-01
    T1
    4 AMBIENTE 3D PARA AUXÍLIO NO PLANEJAMENTO DE USINAS TERMELÉTRICAS
    A Realidade Virtual (RV) é uma interface de usuário avançada que permite executar aplicações computacionais, propiciando a visualização, movimentação e interação do usuário, em tempo real, em ambientes tridimensionais gerados por computador. O sentido da visão costuma ser preponderante em aplicações de realidade virtual, mas os outros sentidos, como audição e tato, também podem ser usados para enriquecer a experiência do usuário. A interação do usuário com o ambiente virtual é um dos aspectos importantes da interface e está relacionada com a capacidade do computador de detectar e reagir às ações do usuário, promovendo alterações na aplicação. O usuário, interagindo com um ambiente virtual tridimensional realista, em tempo real, vendo as cenas serem alteradas como resposta aos seus comandos e movimentos, como ocorre nos videogames atuais, torna a interação mais rica e natural, gerando mais engajamento e eficiência. Nos ambientes virtuais, a interação mais simples é a navegação, decorrente da movimentação do usuário no espaço tridimensional, através de algum dispositivo de rastreamento, resultando na visualização de novos pontos de vista do cenário. Nesse caso, não há mudanças no ambiente virtual, mas somente um passeio exploratório. Interações, propriamente ditas, com alterações no ambiente virtual, ocorrem quando o usuário entra no espaço virtual das aplicações e visualiza, explora, manipula e aciona ou altera os objetos virtuais, usando seus sentidos, incluindo os movimentos tridimensionais de translação e rotação naturais do corpo humano. A interface baseada em realidade virtual permite que habilidades e conhecimento intuitivos do usuário possam ser utilizados para a manipulação dos objetos virtuais. Esse tipo de interação é realizado através de dispositivos não convencionais, como capacetes de visualização ou luvas, ou o próprio corpo, com gestos e comandos de voz. O usuário tem a impressão de estar atuando dentro do ambiente virtual, apontando, pegando, manipulando e executando outras ações sobre os objetos virtuais, em tempo real.
    Financiado e desenvolvido para a Borborema Energética S.A.

    Processo: BR512021000482-5
    Data do Registro: 10/03/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção / Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Tiago Gonçalves Zacarias (Discente) / Ricardo Schneeweiss de Farias / Rafael Roberto Rossetto / Aguinaldo Alvares Gimenes de Jesus
    Linguagem JAVA SCRIPT; PYTHON; .NET / Campo de Aplicação EN-03; EN-04; MT-04; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; AT-01; SM-01; SM-03; TC-01
    T1
    3 SimUTE - AMBIENTE DE SIMULAÇÃO PARA TOMADA DE DECISÃO EM USINAS TERMELÉTRICAS
    Este programa utiliza o método PAHP – Processo de Análise Hierárquica Paraconsistente para auxílio à tomada de decisões. Sua metodologia é dividida em quatro fases: Modelagem, Avaliação, Priorização e Decisão. Na modelagem, o usuário define o objetivo, os critérios e as alternativas do modelo. O objetivo representa a decisão a ser tomada. Os critérios são os atributos a serem considerados para comparação das alternativas. As alternativas representam as possíveis candidatas para se atingir o objetivo escolhido. Nas fases de avaliação e priorização, utilizam-se comparações par-a-par e o método do autovetor dominante para definição dos pesos relativos entre as alternativas e os critérios. Utilizando-se matrizes simétricas, compara-se todos os pares de alternativas, segundo cada um dos critérios escolhidos, atribuindo-se um grau de dominância de uma alternativa sobre a outra. O mesmo método é utilizado na obtenção da prioridade ou peso atribuído a cada critério. Por fim, na fase de decisão, constrói-se a matriz de decisão, onde se identifica claramente a melhor alternativa para atingir o objetivo proposto. A utilização do software fornece uma metodologia padronizada de suporte a decisões gerenciais, podendo ser aplicado nos mais diversos problemas de planejamento. O ponto principal do método de decisão é a construção de uma estrutura hierárquica. No PAHP, o topo da hierarquia representa o objetivo global, enquanto os níveis intermediários representam os critérios que apresentam algum impacto no objetivo escolhido. No nível mais baixo ficam as alternativas.
    Financiado e desenvolvido para a Borborema Energética S.A

    Processo: BR512021000480-9
    Data do Registro: 10/03/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Frederico de Oliveira Assunção / Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Tiago Gonçalves Zacarias (Discente) / Ricardo Schneeweiss de Farias / Rafael Roberto Rossetto / Aguinaldo Alvares Gimenes de Jesus
    Linguagem C++; BASIC / Campo de Aplicação EN-01; EN-04; MT-01; MT-04; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-02; AP-03; TC-01
    T1
    2 CONTROLE DO BANCO DE DADOS DA CEPASA
    O banco de dados complementar desenvolvido utiliza o Microsoft SQL Server Express como servidor de dados. Ele pode ter vários acessos remotos realizados pela programação do supervisório sem que fosse necessário em qualquer momento intervir sobre o supervisório principal. O acesso às demais variáveis do motor da MTU é efetuado via acesso ao controlador DEIF e também ao próprio controlador ADEC. Ambas as plataformas com porta de comunicação CAN são exploradas e novos endereços de comunicação são descobertos com possibilidade de acesso às variáveis específicas de stress e performance do motor. Esta base contém todos os elementos necessários para avaliações de mecanismo de cálculo dos fatores de stress, desgaste e desempenho na partida, operação e partidas de manutenção. Com a implementação dessa estratégia junto ao supervisório e sucessivas experiências com a operação e avaliação, a obtenção de novas variáveis pode ainda melhorar o algoritmo de classificação, uma vez que remotamente estarão sendo explorados os dados e aplicadas as ferramentas inteligentes de extração do conhecimento.
    Financiado e desenvolvido para a Central Energética Palmeiras S.A.

    Processo: BR512021000475-2
    Data do Registro: 10/03/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Ricardo Barbosa de Almeida Campos / Frederico de Oliveira Assunção / Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Herbert Antônio Marques da Costa / Vinícius Martins Gontijo / Rodrigo Oliveira Rosa Bizinotto
    Linguagem SQL / Campo de Aplicação EN-04; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AT-01; SM-01; TC-01
    T1
    1 SISTEMA SUPERVISÓRIO COMPLEMENTAR
    Este Sistema Supervisório Complementar foi desenvolvido para Controle da Operação de uma Usina Termelétrica, onde cada unidade geradora recebeu dois medidores de fluxo, para processamento do consumo instantâneo através do CLP Samba em duas de suas entradas rápidas. O mesmo CLP Samba se conecta, através de um módulo de expansão CAN, o modulo SAM que permite acesso às variáveis específicas do motor, como exigência momentânea, erros e alarmes, além de outras muitas disponíveis. Cada CLP Samba se conecta a uma porta de switch através de módulo ethernet instalado nesse CLP e, por fim, o CLP concentrador se conecta ao switch e esse também à rede industrial que faz a gravação direta dos dados em supervisório dedicado ao projeto.
    Financiado e desenvolvido para a Central Energética Palmeiras S.A.

    Processo: BR512021000465-5
    Data do Registro: 10/03/2021
    Nomes dos Inventores: Germano Lambert-Torres (Docente) / Erik Leandro Bonaldi (Docente) / Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) / Ricardo Barbosa de Almeida Campos / Frederico de Oliveira Assunção / Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) / Herbert Antônio Marques da Costa / Vinícius Martins Gontijo / Rodrigo Oliveira Rosa Bizinotto
    Linguagem PYTHON / Campo de Aplicação EN-01; EN-02; EN-03; MT-06 / Tipo de Programa: AP-01; AP-03; AT-01; SM-01; TC-01; TC-03
    T1

     

    OrdemPRODUTOS DESENVOLVIDOS
    (Productos Desarrollados / Developed Products)
    Classficação
    2021
    12 LABORATÓRIO DE DISJUNTORES DE ALTA TENSÃO
    Este laboratório possui um disjuntor tripolar a SF6 de 138 kV e corrente nominal de 1250 A, com todos os sensores necessários para seu monitoramento e com possibilidade de realizar vários testar elétricos, mecânicos e de vazamentos de gás. Nele já estão instalados todos os equipamentos necessários para a avaliação da redução da capacidade de interrupção de disjuntores.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Copel Geração e Transmissão S.A.

    Data de Entrega do Produto: 01/12/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Germano Lambert-Torres, Erik Leandro Bonaldi, Luiz Eduardo Borges da Silva, Claudio Inácio de Almeida Costa, Wilson César Santana e Levy Ely de Lacerda de Oliveira.
    Discente Membro da Equipe de Desenvolvimento: Clailton Leopoldo da Silva, Júlio Cezar Oliveira Castioni
    T1
    11 SISTEMA DE MEDIÇÃO DE VAZÃO ULTRASSÔNICO DE MULTI-TRAJETÓRIAS PARA MONITORAMENTO DE VAZÃO TURBINADA EM GRANDES ADUTORAS
    O sistema de medição de vazão ultrassônico de multi-trajetórias, para monitoramento de vazão turbinada em grandes adutoras, que foi nacionalizado, resultando em uma redução significativa do preço de mercado do sistema e, consequentemente, maior difusão da aplicação em grandes adutoras. O método ultrassônico é um dos poucos que permite mapear a nova curva de eficiência e medir a vazão turbinada com exatidão. Tendo a vazão mapeada com precisão, é possível fazer uma geração otimizada, alcançando ganhos de até 4% na geração, sem necessidade de se investir em novos equipamentos.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Norte Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/10/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Luiz Eduardo Borges da Silva, Germano Lambert-Torres e Levy Ely de Lacerda de Oliveira.
    T1
    10 LABORATÓRIO DE MEDIÇÃO DE VAZÃO DE GRANDES DUTOS
    Este laboratório permite que sejam testados e comparados diversos tipos de medição de vazão em grandes dutos. Diversos equipamentos estão disponíveis no laboratório que podem auxiliar na implantação de outros métodos para uma compração direta com o método de medição de vazão ultrassônico de multi-trajetórias. Ele também permite que circule vários tipos de líquidos, além da água.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Norte Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/10/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Luiz Eduardo Borges da Silva, Germano Lambert-Torres e Levy Ely de Lacerda de Oliveira.
    T1
    9 SISTEMA DE INFERÊNCIA PARA ESTIMAÇÃO DO GRAU DE ESTRESSE DE UNIDADES MOTOGERADORAS
    O sistema de inferência estima o grau de desgaste de conjuntos motogeradores com base no estabelecimento de indicadores de estresse e de desgaste oriundos do próprio supervisório da planta, bem como medidores de campo, sistemas on-line de monitoramento da condição e relatórios da equipe de manutenção. Com o cenário criado com a inserção do sistema de inferência no dia-a-dia da usina, pode-se partir para uma gestão inteligente dos ativos, visando, no futuro, à implantação de programação dinâmica da manutenção. Além disso, os dados disponíveis em diferentes sistemas eletrônicos e automáticos de monitoramento e controle da geração podem ser centralizados num mesmo banco de dados, enrobustecendo a análise.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Rio Amazonas Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 30/09/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Luiz Eduardo Borges da Silva, Germano Lambert-Torres, Levy Ely de Lacerda de Oliveira, Wilson Cesar Santana e Cláudio Inácio de Almeida Costa.
    Discente Membro da Equipe de Desenvolvimento: Josué da Costa Lacerda.
    T1
    8 SENSOR DE MEDIÇÃO DE ABERTURA E FECHAMENTO DE VÁLVULAS DE ADMISSÃO E ESCAPE EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
    O sensor online nacionalizado com novas funcionalidades e aprimoramentos em relação aos produtos importados. O sistema híbrido desenvolvido é composto do sensor de medição de pressão intracilindro, sensor de temperatura, sensor de velocidade angular instantânea, sensor de posição do balancim, painel de alimentação e sincronismo e software dedicado. Essas novas funcionalidade diferenciam o protótipo dos demais equipamentos importados também. Além disso, diversas melhorias e outras novas funcionalidades foram implementadas em termos de software conforme demonstrado neste relatório. Algumas dessas novas funcionalidades são: curva de tendência por parâmetros analisados na curva de pressão e por cilindro, filtros digitais programáveis para identificação de detalhes mais específicos na curva de pressão, iIntegração de curva de velocidade instantânea à análise da curva de pressão intracilindro (análise híbrida) e estimação de parâmetros do motor por ciclo de operação numa mesma aquisição.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Rio Amazonas Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 30/09/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Luiz Eduardo Borges da Silva, Germano Lambert-Torres, Levy Ely de Lacerda de Oliveira e Cláudio Inácio de Almeida Costa.
    Discente Membro da Equipe de Desenvolvimento: Josué da Costa Lacerda.
    T1
    7 LABORATÓRIO DE REALIDADE VIRTUAL PARA O PLANEJAMENTO DE USINAS TERMELÉTRICAS
    O laboratório é baseado em um aplicativo móvel Oculus, podendo-se explorar o programa de realidade virtual Ambiente 3D para Auxílio no Planejamento de Usinas Termelétricas em quase qualquer lugar. Os sensores dentro do fone de ouvido rastreiam com precisão os movimentos do usuário e os convertem instantaneamente em VR, ajudando a evitar objetos próximos. Os controladores Oculus Touch, que são comandados pelas mãos do usuário, estão conectados ao programa, possibilitando que cada movimento gere um comando específico. Este laboratório possibilita a realização de análises e comparações técnico-econômicas das diversas alternativas de planejamento de uma usina termelétrica levando em consideração variados critérios quantitativos e/ou qualitativos e auxiliando no processo de tomada de decisão para diversos cenários macroeconômicos nacionais e de desenvolvimento.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Borborema Energética S.A.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Germano Lambert-Torres, Claudio Inácio de Almeida Costa, Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira e Wilson Cesar Santana
    Discentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Danilo José de Castro Junior e Ricardo Silva Torres.
    T1
    6 ADIÇÃO E ATUALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE VAZÃO DE ÓLEO COMBUSTÍVEL
    O laboratório de modelo reduzido consiste em um circuito hidráulico fechado contendo: uma bomba, um motor acionador, um inversor de frequência que realiza o controle de velocidade da bomba do motor, uma válvula de controle, o carretel desenvolvido e dutos para realizar a interconexão dos outros elementos. Com o novo carretel do sistema desenvolvido foi instalado no circuito fechado, a eletrônica de medição foi conectada aos transdutores ultrassônicos. É possível variar a vazão do circuito hidráulico por meio do controle da rotação do motor que aciona a bomba. Esta variação foi possível por meio de um inversor que controla o motor da bomba.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Maracanaú Geradora de Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Wilson César Santana, Erik Leandro Bonaldi, Germano Lambert-Torres e Levy Ely de Lacerda de Oliveira.
    T1
    5 CONVERSOR BIDIRECIONAL E FILTRO ATIVO DE POTÊNCIA DE 100 E 500 KVA/13,8 KV
    Neste projeto foram desenvolvidos e instalados 4 (quatro) equipamentos, com potências 100 kVA (duas unidades) e 500 kVA (duas unidades) com operação nas redes de 13,8 kV da EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo. Estes equipamentos, baseados em conversores multiníveis e com sistemas de controle inteligente, foram desenvolvidos para cumprir quatro funções básicas: mitigação do conteúdo harmônico, formação de sinais de rede, suprir a rede de energia ativa durante períodos pré-estabelecidos em função da capacidade nominal e da carga do circuito e, finalmente, o gerenciamento de um sistema de armazenamento de energia via um conjunto de baterias e compensação ativa do reativo (D-STATCOM). Estes equipamentos foram desenvolvidos para serem efetivos em sua atuação, mas com um custo compatível para a sua larga utilização pela concessionária.
    Financiado e desenvolvido para as empresas EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Germano Lambert-Torres, Erik Leandro Bonaldi, Levy Ely de Lacerda de Oliveira e Wilson Cesar Sanatana
    Discentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Haylemar de Nazaret Cardenas Rodriguez e João Felipe Barbosa.
    T1
    4 EQUIPAMENTO ESTÁTICO DE AUTORECUPERAÇÃO 500 KVA/13,8 KV E 1MVA/13,8 KV
    Neste projeto foram desenvolvidos e instalados 2 (dois) equipamentos estáticos de autorrecuperação, com potências 500 kVA e 1.000 kVA com operação nas redes de 13,8 kV da EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo. Estes equipamentos, baseados em conversores multiníveis e com sistemas de controle inteligente, foram desenvolvidos para atuarem ligados na interligação de dois ramais possibilitando que o fluxo de potência que o atravesse seja por ele regulado, possibilitando o balanço de fluxos pelos ramais. E mais, o fluxo que por ele atravessa poderá ser limpo dos harmônicos que estejam transitando pela rede. A ideia central foi desenvolver um equipamento que pudesse postergar os investimentos e possibilitar um melhor perfil de tensão em toda a rede de distribuição por ele auxiliada. Estes equipamentos foram desenvolvidos para serem efetivos em sua atuação, mas com um custo compatível para a sua larga utilização pela concessionária.
    Financiado e desenvolvido para as empresas EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Germano Lambert-Torres, Erik Leandro Bonaldi, Levy Ely de Lacerda de Oliveira, Wilson Cesar Sanatana e Claudio Inácio de Almeida Costa
    Discentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: João Felipe Barbosa.
    T1
    3 LABORATÓRIO DE ALTA TENSÃO URBANA DE 13,8 KV
    Este laboratório é possível simular diversas condições operativas e de configuração de redes elétricas de alta tensão (13,8 kV) urbanas. Fenômenos de afundamento ou elevação de tensão, transitórios elétricos e chaveamentos são algumas situações que podem ser simuladas neste laboratório, testando a resposta de chaves, ajustes de proteção, equipamentos eletrônicos, entre outros.
    Financiado pelas empresas EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Germano Lambert-Torres, Erik Leandro Bonaldi, Levy Ely de Lacerda de Oliveira, Wilson Cesar Sanatana e Claudio Inácio de Almeida Costa
    Discentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: João Felipe Barbosa.
    T1
    2 SISTEMA ATIVO PARA TESTE DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OU LINHAS DE TRANSMISSÃO DURANTE OPERAÇÃO
    Este equipamento eletrônico composto basicamente por um filtro ativo é utilizado para bloquear a alta tensão com frequência industrial da rede de energia elétrica que alimenta a máquina, e ao mesmo tempo, permite o acoplamento de um gerador de sinais eletrônicos de baixa tensão e de altas frequências a serem nela injetados, de forma a medir sua resposta e avaliar o desempenho operacional da máquina. O dispositivo eletrônico composto basicamente por um filtro ativo e bobinas de Rogowsky é utilizado para bloquear uma corrente de alta frequência injetada para avaliar a performance operacional de uma dada máquina, e ao mesmo tempo, permitir sem interferências a alimentação da mesma pela corrente na frequência industrial fornecida pela rede de energia elétrica. Este equipamento apresenta um novo e inédito dispositivo de filtro ativo para bloqueio da alta tensão de uma rede elétrica que permite o acoplamento de sinais eletrônicos de baixa tensão e alta frequência à rede, abordando três objetivos: i) detecção do sinal de tensão nominal na frequência industrial e sua reprodução exata, porém com fase oposta; ii) composto por um inversor com dispositivos de eletrônica de potência comandados por pulsos PWM; e iii) um circuito de controle baseado nos valores de referência da alta tensão nominal da rede.
    Financiado e desenvolvido para a empresa EDF Norte Fluminense.

    Data de Entrega do Produto: 31/03/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Germano Lambert-Torres, Levy Ely de Lacerda de Oliveira e Wilson César Santana
    T1
    1 LABORATÓRIO DE MÉDIA TENSÃO
    Criação de um laboratório que permite que equipamentos possam ser testados em condições próximas às de instalação real. Isso implica que a tensão nominal do laboratório seja 4160V. Idealmente, as varreduras deveriam ser realizadas em um motor de 4160V. Como este motor teria um tamanho e um custo que seriam impeditivos para o laboratório de testes, foi decidido que o laboratório utiliza um transformador elevador 220V:4160V no lugar do motor. Desta forma, pode-se testar o equipamento de bloqueio ativo na mesma tensão de operação do motor em que o protótipo foi instalado. Da mesma forma o equipamento de varredura FRA pode avaliar de forma on-line o isolamento do transformador de média tensão. Também se deseja testar o equipamento de desvio de corrente. Desta forma, seria necessária uma carga em paralelo com a alta do transformador principal (que é onde o FRA está fazendo as varreduras). Entretanto, uma carga variável em 4kV também implica em tamanho e custo elevados. O mesmo efeito da variação da corrente de carga pode ser obtido com um segundo transformador (desta vez, abaixador 4160V:220V) – sendo que as cargas variáveis seriam ligadas no lado da baixa. A variação da corrente na baixa produz variação da corrente na alta da mesma forma.
    Financiado e desenvolvido para a empresa EDF Norte Fluminense S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/03/2021
    Docentes Membros da Equipe de Desenvolvimento: Erik Leandro Bonaldi, Germano Lambert-Torres, Levy Ely de Lacerda de Oliveira e Wilson César Santana
    T1

     

     

    OrdemRELATÓRIOS DE PESQUISA APLICADA
    (Applied Research Reports / Informes de Investigación Aplicada)
    Classficação
    2021
    14 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA COMPACTADOR AUTOMATIZADO MÓVEL DE MATÉRIA-PRIMA
    Este projeto desenvolveu uma unidade móvel e automatizada para a confecção de briquetes de alto rendimento e calor específico para uso em caldeiras de unidades geradoras termelétricas. Construído sobre uma carreta é composto por dois sistemas principais: um de secagem e uma briquetadeira, que funcionam de forma integrada e automatizado. A junção de todos os equipamentos que permitem a produção dos briquetes na carroceria de uma carreta; assim como também no monitoramento através de um processo automático adaptado à unidade móvel. O processo de automação é responsável pela captação do material desde o solo ou silo até o sistema de peneiramento. Após a separação das impurezas, o material é enviado ao secador, que retira umidade do material, liberando o material quase seco para a briquetadeira. Ao final, o sistema automatizado ainda controla o corte, produzindo briquetes com as mesmas dimensões e formas.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Suape Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 15/12/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5750170 - 703 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Haylemar de Nazaret Cardenas Rodriguez (Discente) e Outros
    T1
    13 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO NACIONALIZAÇÃO DE SISTEMA DE MEDIÇÃO DE VAZÃO ULTRASSÔNICO DE MULTI-TRAJETÓRIAS PARA MONITORAMENTO DE VAZÃO TURBINADA EM GRANDES ADUTORAS
    A medição de vazão é o principal parâmetro para se medir a eficiência no processo de geração de energia hidrelétrica, sendo um indicador primordial para esta indústria. A maioria das usinas no Brasil possui medição de vazão baseada em curvas de projeto e não baseada, unicamente, em grandezas medidas. O projeto desenvolveu um sistema de medição de vazão ultrassônico de multitrajetórias para monitoramento de vazão turbinada em grandes adutoras, resultando em uma redução significativa do preço de mercado do sistema e, consequentemente, contribuindo para maior difusão da aplicação em grandes adutoras. Com o emprego do protótipo em campo, obtém-se os seguintes resultados: gestão de ativos através da análise da perda de rendimento da máquina inferida através da medição de vazão com precisão e maior conhecimento da capacidade de geração hidrelétrica, através do gerenciamento dos reservatórios das usinas, e auxílio na tomada de ações para tornar os processos de geração mais eficientes.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Norte Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/10/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5750170 - 1088 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente) e Outros
    T1
    12 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO NACIONALIZAÇÃO DE SISTEMA PARA MONITORAMENTO DA CONDIÇÃO E OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DE MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
    O sistema desenvolvido para a UTE Cristiano Rocha, da RAESA Energia, permite que a usina tenha um monitoramento da condição efetivo, podendo otimizar seu processo de geração e gerenciar melhor seus ativos, neste caso os motores das unidades geradoras. O sistema tem aplicação ampla, dentro e fora do Brasil, em todos os setores que utilizam motores de combustão interna como: geração de energia elétrica, transporte marítimo, transporte ferroviário, transporte off-road, etc. Com o emprego do sistema, obtém-se os seguintes resultados: redução do preço final do equipamento em torno de 50% em relação aos produtos importados, aumento da eficiência da máquina, redução do consumo de combustível, aumento da confiabilidade do processo, redução de paradas catastróficas, diminuição de perdas por lucro cessante e multas, correção de problemas incipientes, aumento da vida útil, redução dos custos de manutenção e redução das emissões de poluentes na atmosfera.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Norte Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/10/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749962 - 500 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente), Josué da Costa Lacerda (Discente) e Outros
    T1
    11 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO MÁQUINA DE INFERÊNCIA PARA ESTIMAÇÃO DO GRAU DE DESGASTE DE UNIDADE MOTOGERADORA A PARTIR DO CONHECIMENTO DE SEU REGIME DE OPERAÇÃO
    Este projeto desenvolveu indicadores de estresse e de desgaste oriundos do próprio supervisório da planta, bem como medidores de campo, sistemas on-line de monitoramento da condição e relatórios da equipe de manutenção. O sistema desenvolvido é constituído da infraestrutura já existente na usina (sensores, estrutura de rede), novos sensores (como, medição da curva de pressão intracilindro), e banco de dados. Foi desenvolvido um software de análise em Python e, para melhor visualização dos resultados gerados, foi desenvolvida uma nova interface gráfica na forma de um supervisório.Com o emprego do sistema desenvolvido em campo, obtêm-se estabelecimento de critérios para se escolher o melhor regime de operação dentro das margens possíveis, a identificação de quais são os fatores de estresse que mais impactam no desgaste do conjunto, a indicação do nível de confiabilidade relativa entre as unidades geradoras e .o conhecimento da influência do regime de operação no desgaste da máquina.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Rio Amazonas Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 30/09/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749929 - 677 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Luiz Eduardo Borges da Silva (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson César Santana (Docente), Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente), Josué da Costa Lacerda (Discente) e Outros
    T1
    10 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO RPA UTILIZANDO MACHINE LEARNING E INTELIGÊNCIA COGNITIVA
    Os dois processos automatizados estão em plena operação na empresa auxiliando os seus profissionais nas tarefas de visualização, análise e interpretação de dados, completando os faltantes e verificando aqueles que estão fora do previsto. A primeira metodologia foi aplicada no processo “17 - Integração CCEE” por meio do método de regressão (regressor Random Forest), e atendendo a duas áreas distintas: (i) Área de Medição: através de metodologia computacional diária relatar a integridade dos dados de medição e mensalmente relatar à equipe a análise dos dados com a intenção de detectar anomalias através do comportamento dos dados desses medidores; (ii) Área de Mercado: aplicada com a intenção de coleta e preparação dos dados para a análise dos especialistas. Já a segunda metodologia foi aplicada ao processo “04 - Crítica de leitura (rural)” que através de método de classificação inteligente (classificador Random Forest) utilizando de características sistêmicas e histórico de consumo, para tomar decisão sobre a correção de determinada leitura. As duas metodologias foram implementadas em ferramentas de software desenvolvidas em Linguagem Python, cujos códigos podem ser ativados por robôs da plataforma Automation Anywhere.
    Financiado e desenvolvido para a empresa COPEL Distribuição S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/08/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749865 - 266 páginas
    Autores: Fábio Alessandro Guerra (Docente), André Pedretti, Milton Pires Ramos (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Josnei Scolimoski (Discente), Mariana Santini (Discente), Claudio Inácio Almeida da Costa (Docente) e Outros
    T1
    9 RELATÓRIO DO PROJETO SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DA DETERIORAÇÃO DOS PARA-RAIOS– ANO 1
    Neste projeto, sinais de várias frequências são injetados de forma inofensiva no para-raios para coletar sua resposta em frequência. Então, os algoritmos inteligentes tratam estas respostas e estabelecer o grau de desgaste das pastilhas desse equipamento, que, ao final, representam a sua eficácia em conter as descargas atmosféricas que chegam via as linhas de transmissão na subestação. Os sinais são injetados nos para-raios através de um dispositivo gerador de sinais, sem nenhuma interferência no sistema elétrico ou o funcionamento do para-raios. A utilização de um sistema, como o proposto, permite que a concessionária conheça a real situação dos seus para-raios, possibilitando sua substituição antes que uma má atuação deste equipamento gere uma parada intempestiva da subestação, ocasionando problemas de segurança operativa, de risco aos demais equipamentos e de possíveis desligamentos sistêmicos, além dos impactos negativos econômico-financeiros e de segurança urbana para as pessoas. Neste ano 1 foram cumpridas as seguintes etapas: Revisão Bibliográfica, Estudo da Espectroscopia de Impedância nos Para-Raios e Desenvolvimento de Sensores e Algoritmos de Captação e Interpretação dos Sinais.
    Financiado e desenvolvido para a empresa COPEL Geração e Transmissão S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/08/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749893 - 724 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Rafael Martins, Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson César Santana (Docente), Carlos Eduardo Xavier (Discente), Tiago Gonçalves Zacarias (Discente) e Outros
    T1
    8 RELATÓRIO DO PROJETO LOCALIZAÇÃO DE FALTAS EM SUBESTAÇÕES BLINDADAS DE SF6 COM MONITORAÇÃO DE LINHAS ADJACENTES – ANO 1
    O sensor online nacionalizado com novas funcionalidades e aprimoramentos em relação aos produtos importados. O sistema híbrido desenvolvido é composto do sensor de medição de pressão intracilindro, sensor de temperatura, sensor de velocidade angular instantânea, sensor de posição do balancim, painel de alimentação e sincronismo e software dedicado. Essas novas funcionalidade diferenciam o protótipo dos demais equipamentos importados também. Além disso, diversas melhorias e outras novas funcionalidades foram implementadas em termos de software conforme demonstrado neste relatório. Algumas dessas novas funcionalidades são: curva de tendência por parâmetros analisados na curva de pressão e por cilindro, filtros digitais programáveis para identificação de detalhes mais específicos na curva de pressão, iIntegração de curva de velocidade instantânea à análise da curva de pressão intracilindro (análise híbrida) e estimação de parâmetros do motor por ciclo de operação numa mesma aquisição. Neste ano 1 foram cumpridas as seguintes etapas: Revisão Bibliográfica, Estudo da SE SF6 e da Estrutura do Projeto e Estudo de Observabilidade da Subestação.
    Financiado e desenvolvido para a empresa COPEL Geração e Transmissão S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/07/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749747 - 764 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Clailton Leopoldo da Silva (Discente), Rafael Martins, Júlio Cezar Oliveira Castioni (Discente), Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente), Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson César Santana (Docente), Diogo Gonzaga Marcelo (Discente) e Outros
    T1
    7 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO AMBIENTE DE SIMULAÇÃO PARA PLANEJAMENTO DE TERMELÉTRICAS
    Este projeto desenvolveu uma metodologia que possibilita a realização de análises e comparações técnico-econômicas das diversas alternativas de planejamento de uma usina termelétrica, levando em consideração variados critérios quantitativos e/ou qualitativos e auxiliando no processo de tomada de decisão para diversos cenários macroeconômicos nacionais e de desenvolvimento. Este sistema contém quatro entes principais: variáveis, modelos, cenários e soluções. As variáveis são manipuladas pelos modelos, gerando soluções intermediárias, que devem ser tratadas pelos cenários, aí sim, gerando uma lista de soluções ou respostas aos usuários. Para a solução completa do problema, foram desenvolvidos três pacotes computacionais: SimUTE - Ambiente de Simulação para Tomada de Decisão em Usinas Termelétricas, Ambiente 3D para Auxílio no Planejamento de Usinas Termelétricas e Ambiente de Análise e Gestão Financeira para Tomada de Decisão em Usinas Termelétricas.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Borborema Energética S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/05/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5749723 - 495 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Claudio Inácio de Almeida Costa, Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Danilo José de Castro Junior (Discente), Wilson Cesar Santana (Docente), Ricardo Silva Torres (Discente) e Outros
    T1
    6 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO SISTEMA INTELIGENTE PARA CONTROLE DA MALHA DE POTÊNCIA DE UTE
    O sistema desenvolvido fornece a melhor sequência de despacho das unidades geradoras faz com que possa ser maximizado o fator que seja mais importante naquele instante para a operação da usina. Esta é a grande contribuição do método proposto, pois os engenheiros podem otimizar o consumo de combustível, minimizar o desgaste da unidade geradora ou aumentar a confiabilidade de fornecimento de energia. Isto pode ser feito observando-se apenas um critério ou se fazer esta otimização do despacho utilizando-se multicritérios. Para tal, foi também desenvolvido um sistema supervisório complementar com vários medidores que atuam de forma integrada com os medidores e bases de dados existentes na usina. O sistema, além de aumentar a confiabilidade do sistema para o ONS, também fornece informações importantes para o departamento de manutenção, pois aponta desvios e suas evoluções das grandezas, que podem estar associadas a falhas em elementos específicos da unidade geradora.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Central Energética Palmeiras S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/05/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5748251 - 540 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Wilson César Santana (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Elvis Ricardo de Oliveira (Discente) e Outros
    T1
    5 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO SISTEMA HÍBRIDO ULTRASSÔNICO-CAPACITIVO PARA ANÁLISE DE ÓLEO COMBUSTÍVEL DE MOTOGERADORES
    O sistema híbrido ultrassônico-capacitivo foi desenvolvido para monitoramento de óleos combustíveis para uso em usinas termelétricas. Baseado em técnicas de medição de capacitância e tempos de voo, em função das técnicas, é bastante robusto para permitir a análise de outros parâmetros e contaminantes. Este sistema, instado nos bays de entrada do óleo combustível, é capaz de inferir sobre importantes grandezas, como a vazão e temperatura, e contaminantes, como a água. O sistema permite ainda estimar poder calorífico inferior (PCI) a partir da estimação da densidade e do processamento estatísticos dos dados oriundos de ambos os métodos ultrassônico e capacitivo. O sistema inclui, além da estrutura mecânica adequada à instalação na usina, os circuitos eletrônicos responsáveis pela excitação dos transdutores (ultrassônicos e capacitivos), aquisição e condicionamento dos sinais, e o software encarregado pelo processamento dos dados.
    Financiado e desenvolvido para a empresa Maracanaú Geradora de Energia S.A.

    Data de Entrega do Produto: 31/05/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5748190 - 455 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson Cesar Sanatana (Docente) e Outros
    T1
    4 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO EQUIPAMENTO ESTÁTICO DE AUTORRECUPERAÇÃO
    Este projeto desenvolveu dois equipamentos de autorrecuperação estático, um de 500 kVA e outro de 1.000 kVA, que estão instlados nos sistemas de distribuição de 13,8 kV. O projeto completo foi composto de dois desenvolvimentos complementares: o primeiro é o desenvolvimento e implantação da metodologia do sistema de controle para a mitigação dos harmônicos de tensão e o segundo é a utilização de uma estratégia de controle inteligente para possibilitar o estabelecimento de diversos níveis de fluxo entre os ramais. Para isto, foram montados algoritmos de controle definidos previamente, segundo uma estratégia de operação que a concessionária quer imprimir em suas redes. Quando colocados nos postes para operação, esta estratégia está definida e eles passam a atuar de forma completamente autônoma, sem a necessidade de nenhuma intervenção externa. Com os níveis de tensão medidos em suas extremidades, eles são capazes de terminar quando o melhor fluxo de potência entre os ramais.
    Financiado e desenvolvido para as empresas EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5748087 - 1272 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson Cesar Santana (Docente), Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente), João Felipe Barbosa (Discente) e Outros
    T1
    3 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO CABEÇA-DE-SÉRIE DO PROJETO APRIMORAMENTO E APLICAÇÃO DE FILTRO ATIVO DE POTÊNCIA
    Este projeto desenvolveu 4 (quatro) equipamentos com novas estruturas híbridas inteligentes, com potências 100 kVA (duas unidades) e 500 kVA (duas unidades) para operarem em redes de 13,8 kV da EDP-SP e da EDP-ES. Estes equipamentos têm associados a eles conjuntos de baterias com suas potências. Estes equipamentos, baseados em conversores multiníveis e com sistemas de controle inteligente, foram desenvolvidos para operar em conexão à rede ou como sistema isolado. Seus princípios de controle estão baseados na rotação dos vetores de tensão do sistema de distribuição de acordo com a técnica de Referência Síncrona associada com um PLL com resposta extremamente rápida quando comparado com os outros descritos na literatura (inclusive motivo de prêmio do IEEE para os pesquisadores deste projeto). Quando da necessidade do uso das baterias a estratégia de modulação PWM associada com algoritmos de controle baseados em “Adaptive Notch Filters” e a técnicas inteligentes de controle.
    Financiado pelas empresas EDP Distribuição São Paulo e EDP Distribuição Espírito Santo.

    Data de Entrega do Produto: 30/04/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5748052 - 1115 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson Cesar Santana (Docente), Haylemar de Nazaret Cardenas Rodriguez (Discente), João Felipe Barbosa (Discente) e Outros
    T1
    2 RELATÓRIO FINAL DO PROJETO DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE DETECÇÃO ONLINE DE FALHAS NO ISOLAMENTO DE MOTORES ELÉTRICOS PELO MÉTODO DA RESPOSTA EM FREQUÊNCIA
    O equipamento final, que está instalado na EDF-NF, é composto por sistemas de injeção e de medição de sinais elétricos em alta frequência e avalia a condição de degradação do isolamento a partir da análise das variações de impedância nessas frequências. Até a execução deste projeto, a medição de FRA em máquinas elétricas se aplicava, principalmente, a transformadores e de forma offline, isto é, retirando o mesmo de operação. Alguns estudos apontavam na direção de medições online, contudo ficaram restritos aos testes de laboratório e simulações. Outro ponto importante é que os estudos não atacaram o problema do acoplamento e o consequente surgimento da sombra no espectro de impedância, o que prejudica a análise. Considerando o que existia em termos de mercado e pesquisa científica, o sistema desenvolvido neste projeto é inovador, principalmente, os seus dois sistemas de acoplamentos ativos. Um produto industrial consolidado com as características propostas pelo projeto ainda não existe no mercado.
    Financiado e desenvolvido para a empresa EDF Norte Fluminense.

    Data de Entrega do Produto: 31/03/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5747982 - 943 páginas
    Autores: Erik Leandro Bonaldi (Docente), Germano Lambert-Torres (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson César Santana (Docente) e Outros
    T1
    1 RELATÓRIO DO PROJETO SISTEMA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA REDUÇÃO DA CAPACIDADE DE INTERRUPÇÃO DE DISJUNTORES – ANO 1
    Este projeto visa desenvolver uma metodologia, e aplicá-la em um protótipo, para avaliação preditiva das condições operacionais de disjuntores, baseado na informação fornecida durante a operação de abertura e fechamento de seus polos, associada com uma mineração inteligente dos dados do histórico. Outro objetivo dessa metodologia é criar modelos capazes de avaliar os diversos aspectos relacionados à manutenção dos disjuntores. Pretende-se poder responder a questões referentes à conformidade do histórico de eventos nos disjuntores com os valores especificados pelos fabricantes, à estimação do custo de manutenção em função das condições de operação e dos disjuntores, à influência de fatores tais como a topologia da rede no desempenho dos equipamentos etc. Para dar apoio à metodologia desenvolvida, o projeto confeccionará um programa de Data Analytics voltado para a manutenção de disjuntores. O sistema desenvolvido será testado em laboratório e instalado em uma subestação da COPEL. Neste ano 1 foram cumpridas as seguintes etapas: Revisão Bibliográfica, Estudo do Disjuntor e da Estrutura do Projeto, Desenvolvimento do Monitoramento de Deterioração dos Comandos Mecânicos e Montagem do um Laboratório para Testes no Sistema de Monitoramento.
    Financiado e desenvolvido para a empresa COPEL Geração e Transmissão S.A.

    Data de Entrega do Produto: 01/03/2021
    DOI: 10.5281/zenodo.5747881 - 900 páginas
    Autores: Germano Lambert-Torres (Docente), Clailton Leopoldo da Silva (Discente), Rafael Martins, Júlio Cezar Oliveira Castioni (Discente), Claudio Inácio de Almeida Costa (Docente), Erik Leandro Bonaldi (Docente), Levy Ely de Lacerda de Oliveira (Docente), Wilson César Santana (Docente), Diogo Gonzaga Marcelo (Discente) e Outros
    T1

     

     

Copyright © Instituto Gnarus - Todos os direitos reservados&nbsp;